terça-feira, 25 de agosto de 2015

Resenha — Chaves A história oficial ilustrada

Luana Natyele
Oie meninas, a alguns meses atrás contei pra vocês que li meu primeiro livro que foi o "Escrito nas estrelas" que ganhei de uma amiga, adorei a história e amei mais ainda sentir o cheiro de livro e ficar curiosa até onde vai a história sabe? Antes de ler meu primeiro livro eu me perguntava "Pra que ler livro?", "Ficar horas e horas?" Só de pensar me dava dor de cabeça, ainda bem que meu pensamento mudou e hoje já li cinco livros que pra mim já é muito! Espero que vocês gostem da minha primeira Resenha Literária.
Este livro comprei na revista Avon, assim que vi este livro fiquei babando pra ler, porque sempre quis saber a história de Chaves e seus personagens. 
O livro conta a história de Roberto Gómez Bolaños, desde seu nascimento até se tornar um fenômeno em toda América Latina, é todo escrito em formato de revista, ou seja é repleto de fotos e passagens curiosas sobre a vida do comediante, nos trás também várias fotos de Roberto com seus pais e seus irmãos na infância, fala de suas primeiras namoradas, seu primeiro emprego, seu primeiro casamento, o que ele fazia antes de se tornar escritor, como Roberto começou a escrever profissionalmente, fala sobre seus filhos, a morte de sua mãe, o sucesso que alcançou com os personagens Chaves e Chapolin e o que fez depois disso.

A história do garoto orfão de oito anos e sua turma marcaram gerações e provavelmente vai continuar marcando por muito tempo, se depender das reprises. E o melhor, Chaves é um programa que nunca precisou ser apelativo para conseguir audiência e foi por isso, juntando ao bom humor que o programa se consagrou.

Mais ao final do livro, é feita uma homenagem muito bonita de pessoas que conheceram Bolaños de perto, como seus amigos mais íntimos e suas filhas. São depoimentos que só reforçam a ideia de como o ator foi uma pessoa excepcional. Livro indicadíssimo!

Isso, isso, isso... até o próximo post!

12 comentários:

  1. Como boa chavesmaníaca que sou, fico muito feliz por encontrar uma resenha sobre uma biografia do Chaves! Eu já li esse livro, mas se não tivesse lido, estaria ansiosa pra ler depois desse post!
    Continue lendo bastante, faz bem pra alma rs, beijos!
    http://senhoritaxavier.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Paula Obrigado pelo incentivo viu?! Pode deixar que vo uler mais e mais. Beijos.

      Excluir
  2. que bacana, eu adorava chaves, alias adoro! fez parte da minha infância *-*
    estou seguindo seu blog :}
    tem post novo no blog: http://andressa-mont.blogspot.com.br/2015/08/minha-primeira-tatuagem.html
    Um super beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa muito obrigado! Também adoro Chaves não foi da minha infância(não assisti muito) mas eu gosto!

      Excluir
  3. Eu tenho uma certa curiosidade em ler esse livro. Deve ter muita coisa bacana. E sério que você não gostava de livros? Eu sempre gostei, mas não é todo livro que me encanta, sabe? rs

    Beijos! ❤
    Blog: www.cerejablack.com
    Layout p/ Blogger e Youtube: www.gessicaalvim.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca gostei, porque nunca fui incentivada pelos meus país :/

      Excluir
  4. Que bom que o seu pensamento mudou, porque ler é demais, né?! Confesso que, não era muito fã da leitura, mas depois de ler alguns livros que eu gostei bastante, entrei pra esse mundo mágico, só falta dinheiro pra comprar os que estão na minha lista, ahahahah. Também vi esse livro na revista Avon, acredita? Hahahah e desde então, queria ler, mas sei lá, fiquei com um pé atrás, sabe?! Mas, mesmo assim, continuo querendo ler e depois dessa resenha a vontade só aumentou. Amo Chaves e o Roberto foi e é ainda uma pessoa muito importante, e sem dúvidas que ele e os programas, ficarão pra sempre no coração de cada um, né? Hehehe eu adoro e já quero esse livro <33

    Beijos, http://quebrarosilencio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Adoro chaves já li esse livro e o texto descreveu muito! Leia mais viu kkkkk Bjs

    ResponderExcluir

E aí, Dresch? - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: EveryDay.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo